Consórcio ou financiamento imobiliário: como escolher a opção ideal?

11 nov 2019

Consórcio ou financiamento imobiliário: como escolher a opção ideal?

A compra de um imóvel é sempre um grande passo, o que significa que você quer fazer boas escolhas. Porém, essas escolhas não se limitam a determinadas questões, como "onde morar" ou "quantos quartos o apartamento precisa ter". Também existem outros pontos mais burocráticos que merecem sua atenção, e um deles é a opção ideal para realizar o pagamento do imóvel: consórcio ou financiamento imobiliário.

Para tomar essa decisão, o maior obstáculo é, possivelmente, a desinformação. A fim de que você possa superá-lo, neste post, nós vamos explicar melhor cada uma das alternativas e apresentar um comparativo entre elas. Acompanhe.

Consórcio imobiliário

O consórcio imobiliário é uma alternativa em que você, o consorciado, faz o pagamento de mensalidades até completar o valor total para ter direito ao imóvel. Então, recebe a carta de crédito para efetivar a compra.

Eventualmente, é possível adquirir o imóvel antes de finalizar o pagamento, ao dar um "lance" superior aos outros consorciados ou ser contemplado em sorteio; porém, isso não libera o consorciado do pagamento das mensalidades restantes. O prazo médio de um consórcio imobiliário é de 200 meses, ou 16 anos.

Financiamento imobiliário

O financiamento imobiliário é uma alternativa em que você coloca um intermediário na compra; em geral, um banco. O banco paga o valor do imóvel ao proprietário imediatamente, e você devolve esse valor ao banco a prazo, acrescido de juros e correção monetária.

De maneira geral, é preciso oferecer uma parte do valor à vista, como entrada. Quanto maior for a entrada, mais fácil será quitar o restante do financiamento. O prazo máximo para um financiamento imobiliário é de 420 meses, ou 35 anos.

Comparativo

Em termos comparativos, a principal vantagem do consórcio é que não há cobrança de juros ou correção monetária. Alguns apontam, também, como vantagens, o fato de que é possível trocar a escolha do imóvel ao longo do pagamento e que a burocracia para contratar é menor. Enquanto isso, a vantagem principal do financiamento imobiliário é que você não precisa esperar para receber e desfrutar do imóvel, pois, logo após a contratação, já é possível dar andamento à transferência do bem para o novo proprietário.

Portanto, os dois fatores-chave que entram em jogo para escolher entre consórcio ou financiamento imobiliário são a sua disponibilidade financeira e a sua urgência para utilizar o imóvel. Por exemplo, se você acabou de se casar e pretende ter filhos em breve, um financiamento pode ser a opção ideal para sair rapidamente do aluguel.

No entanto, se você já tem uma casa própria que atende bem à sua família e gostaria apenas de comprar uma segunda casa, sem comprometer demais o seu orçamento, a opção ideal pode ser o consórcio.

É importante destacar que, entre consórcio e financiamento imobiliário, não existe uma resposta certa. A opção ideal depende das suas condições e das necessidades particulares. Outra recomendação é que você reflita não apenas sobre a sua situação atual, mas sobre como essa decisão afetará sua vida em longo prazo — já que, como vimos, qualquer das alternativas envolve um compromisso de vários anos.

Quer aprender mais sobre aquisição de imóveis e sobre a escolha entre consórcio ou financiamento imobiliário? Então, assine a nossa newsletter e acompanhe nossos conteúdos exclusivos!